Alguns gestores se enganam ao analisar a terceirização apenas pelo custo. Tem que se analisar todo o contexto.

Custo é o único fator ao analisarmos um projeto de terceirização de serviços?

A resposta para esta pergunta, definitivamente, é não. Alguns gestores se enganam ao analisar a terceirização apenas pelo custo. É necessário refletir sobre todo o contexto, tanto do mercado como da empresa contratada e do seu próprio negócio, que irá contratar serviços terceirizados para melhorar os processos do empreendimento.

No fim das contas, a terceirização de serviços em sua empresa, indústria, condomínio ou escritório é sempre proporcionar redução de custos para atividades simples, porém estratégicas de seu negócio como limpeza e conservação, portaria, recepção, copa, entre outros.

Afinal, por mais que não sejam a atividade-fim de sua empresa, todos estes trabalhos paralelos precisam ser bem-feitos para garantir harmonia e plenas condições de produtividade para a sua empresa.

Porém, se apenas o custo for considerado, quem pode sair perdendo é a sua própria empresa. Lembra-se da máxima “o barato sai caro”? É exatamente disso que estamos falando.

No mercado, o gestor poderá encontrar uma série de empresas prestadoras de serviços terceirizados. Algumas prometem milagres com preços baixíssimos, mas o responsável por contratar esta companhia terceirizada precisa ficar muito atento!

Todas estas empresas que oferecem preços abaixo da média do mercado não oferecem um serviço de qualidade ao contratante. Dentre os problemas que elas podem causar estão falta de estrutura para atender à demanda da sua empresa, profissionais com pouca capacitação e experiência, que não irão ter uma performance desejável, equipamentos limitados e de baixa qualidade, que só causarão situações de problema para o seu negócio.

Na hora de contratar uma empresa para terceirizar serviços, é necessário analisar bastantes fatores, tanto no seu empreendimento, como nas empresas candidatas à contratação.

Primeiro leve em conta as características de sua própria empresa: quanto do orçamento está disponível para a terceirização? Quanto ela irá representar em economia de recursos se o empreendimento não fosse terceirizar os serviços? Quantos funcionários a sua empresa possui e qual o tamanho da área que terá serviços terceirizados? Além disso, quais estruturas a sua empresa ou condomínio já dispõem para auxiliar no trabalho da empresa terceirizada?

Estas perguntas precisam encontrar respostas também na empresa que você está orçando para contratar. Eles oferecem um serviço de qualidade de acordo com as necessidades da sua empresa? A companhia terceirizada conta com estrutura e colaboradores suficientes para desenvolver um trabalho de qualidade e excelência no seu negócio? O preço executado pela empresa a ser contratada está de acordo com o que é oferecido e com o dinheiro disponível no seu caixa?

Unindo estes fatores, você poderá contratar a sua empresa terceirizada com mais consciência e eficácia. Quem leva apenas o custo como principal quesito para a contratação acaba adquirindo serviços insuficientes e ineficientes para atender a tudo o que a empresa, indústria, condomínio ou escritório precisam no que diz respeito à limpeza, conservação, controle de fluxo de pessoas, portaria, entre outros.

Não deixe o seu negócio tomar prejuízo pelas escolhas erradas. Faça os investimentos necessários para que a sua empresa possa gerar mais renda com a eficiência da terceirização.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *