Como se comportar durante a limpeza para evitar acidentes.

Contar com janelas límpidas e bem cuidadas traz uma sensação de bem-estar em casa. Pode não parecer, mas a limpeza dos vidros faz toda diferença nesse visual focado no aconchego. Um exemplo disso é o bloqueio da entrada de luz natural que a sujeira faz se o vidro não estiver bem limpinho. Ambientes completamente limpos (incluindo os vidros) aumentam muito a sensação de bem-estar. Quem não gosta de chegar em casa e encontrar tudo brilhando?

Hoje dia todo e qualquer projeto arquitetônico inclui vidro, de todas as formas possíveis e imagináveis e de tamanhos tão variados quanto. Eles compõem a estética, dão aquele acabamento e toque final de cair o queixo – tudo isso além de exercer forte influência no conforto e na segurança de qualquer edificação. Mas e quando chega a hora da limpeza? Não é só se preocupar com o quão limpo tudo estará, mas também com a segurança que o processo de higienização envolve. Já parou para pensar qual é o comportamento seguro para evitar acidentes? Sim, porque infelizmente acidentes graves podem acontecer nessa hora se você não ficar atento a alguns detalhes.
Sempre manuseie o vidro com cuidado e pense no movimento que você executará. Movimentos bruscos podem causar um desequilíbrio e, apesar de a maioria dos vidros serem resistentes, se houver uma rachadura ou mesmo uma quebra o risco de acidente é muito elevado. Por isso, não faça força desnecessária na hora de esfregar. Com os produtos certos de limpeza isso não terá necessidade.

Lugares altos e escorregadios merecem atenção extra. Para esses casos é essencial a contratação de um serviço de limpeza especializado. Conforme a norma regulamentadora 35 (NR 35) é considerado trabalho em altura quando o profissional realiza serviços a dois metros do nível do solo. Portanto, esse é o parâmetro para ser considerada uma atividade de risco e, como tal, requer cuidados. Certifique-se de que o profissional que fará a limpeza esteja usando todos os equipamentos de proteção individual (EPIs) obrigatórios, que são o cinturão de segurança com dispositivo trava queda e o cinturão de segurança com talabarte. Nunca permita que o funcionário suba em objetos improvisados, como cadeiras ou mesas.

Além disso, faça anteriormente a inspeção do local para se certificar de que está tudo em ordem, depois acompanhe o cumprimento das medidas de segurança e não hesite em interromper o trabalho se perceber que alguma norma de segurança está sendo violada. Infelizmente, culturalmente é considerado “normal” realizar esse tipo de serviço sem os devidos cuidados, ignorando o fato de que os riscos são muito altos. Além de quem contrata o serviço, o próprio profissional que executa a limpeza deve ser também responsável pela sua segurança, seguindo todas as normas corretamente, não esquecendo que deve constantemente beber água (para evitar desidratação pela exposição ao sol e ao vento) e passar filtro solar (pois está desempenhando uma atividade ao ar livre). Trabalho em altura é uma atividade arriscada, que exige treinamento e inspeção adequada.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *