Segurança em condomínios uma questão de atitude

Quando o assunto é segurança em condomínios, a primeira coisa que nos vem à cabeça é a tecnologia com suas câmeras, alarmes e dispositivos. A tecnologia ajuda sim, porém não garante a segurança por si só. O cumprimento de regras tanto dos moradores quanto dos colaboradores do condomínio é essencial e às vezes até mais importante para a segurança dos condomínios.

TRÊS PILARES DA SEGURANÇA EM CONDOMÍNIO
O método mais eficaz para ajudar a garantir a segurança no condomínio é formado por três pilares: a implantação da tecnologia e sistemas de segurança, atitudes corretas dos seres humanos e definição de normas e procedimentos.

O ponto de acesso mais vulnerável de um condomínio é a portaria. Quando se tem porteiro 24hrs, além do colaborador ter a consciência de seguir todas as regras, é de extrema importância que ele receba treinamentos e capacitações de como agir, do que fazer e como prevenir os assaltos e o contato com ameaças que podem chegar até a portaria. Além disso, os colaboradores que auxiliam na limpeza também devem ser treinados para que tenham cuidado ao colocar o lixo na rua, não deixar portas de acesso destrancadas e não deixar estranhos sem identificação ingressarem no prédio.

Além disso, a identificação de todos os entrantes no prédio deve ser feita. E o maior problema neste ato são as exceções. Muitos moradores podem reclamar das normas de identificação, porém quando o porteiro começa a abrir exceções, burlar as regras para alguns parentes e amigos de moradores, ele fica mais propício a passar por alguma situação de insegurança. Quando os carros de visitantes chegam até a garagem, é necessário além da identificação da pessoa, também revistar o carro, inclusive o porta-malas. É um procedimento que pode evitar assaltos.

A automação de controle de acesso é uma ótima solução quando ela é feita por biometria e não por senha. A senha pode ser descoberta por algum bandido, porém as digitais, somente se o morador estiver junto ao bandido para ser uma ameaça. Além disso, a senha pode ser compartilhada por vários membros da família e essa informação é muito valiosa para ter o conhecimento de tantas pessoas.

Os portões da garagem são outro ponto bastante vulnerável no prédio. Para isso, além do sistema automatizado de fechamento do portão, sugere-se que se instruam os moradores a cuidar qualquer movimento de carros, motos e pedestres suspeitos no quarteirão antes de ingressar para a garagem do prédio.

Os moradores também devem ser treinados para garantir a segurança do prédio. É indicado que pelo menos duas vezes ao ano seja feito um treinamento com todos os moradores, dando dicas de como agir, de sempre observar a movimentação no prédio e de ligar para a polícia caso haja alguma desconfiança.

Se você busca segurança, nós podemos lhe ajudar. A Clean Work oferece sistemas de segurança privada para condomínios, elaborados por profissionais especializados e equipamentos de alta tecnologia. Buscamos a excelência no que fazemos e possuímos colaboradores treinados e especializados tanto no serviço quanto na segurança.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *